Hortas e Pomares Urbanos

Arquiteto Aquiles Nicolas Kilaris-Casa Primavera - Horta

Já pensou em ter uma horta na cozinha? Ou então, uma laranjeira em um apartamento? Um pé de romã na varanda? Ou quem sabe uma jabuticabeira no jardim? Hortas e pomares urbanos estão em alta e o número de pessoas adeptas a esta possibilidade vem aumentando.

No projeto de cozinha da Casa Primavera (destaque na foto) – assinado pelo arquiteto Aquiles Nícolas Kílaris – uma jardineira foi instalada entre a janela e a bancada da pia a pedido do proprietário que também é “chef”. Neste local ele poderá cultivar pimentas e ervas frescas para enriquecer o sabor dos pratos que prepara.

Nos pomares urbanos há jabuticabeiras, lichia, romãzeiras e laranjinha kinkan ((kinkan em japonês significa “laranja de ouro”). Geralmente são preferidas as variedades mais rústicas devido à facilidade de manutenção. E não importa se a árvore já está formada. Há casos do plantio em vaso de uma jabuticabeira de três metros de altura, em que a recomendação é a rega diária. Sob seus galhos, bancos e poltronas dão um toque aconchegante e natural ao recanto.

Não é só no chão de terra batida que os pomares ganham espaço. Moradores de condomínios fechados se rendem à facilidade e ao lado lúdico de colher fruta no pé. É possível realizar projetos arrojados como a utilização de laranjeiras e romãzeiras em formato de bonsais.

Porém, não é necessário deixar a planta do tamanho das tradicionais miniaturas ocidentais, que servem apenas de inspiração. É possível desenvolver uma árvore frutífera em grandes vasos com boca quadrada de 40 X 40 centímetros, 50 X 50 e até 80 X 80 centímetros que comportam pequenas árvores medindo até um metro de altura.

www.arquitetoaquiles.com.br

www.youtube.com/Kilaris

www.instagram.com/Kilaris